https://www.facebook.com/msjoiasfolheadas/

Foi realizado na última sexta-feira, dia 30 de novembro, o Dia D Nacional de Mobilização Todos Contra o Aedes aegypti. O momento reuniu coordenadores de saúde, técnicos, agentes de combate a endemias, agentes de saúde e a população em geral.

Foram realizadas as seguintes atividades: Na Praça Siqueira Campos – Blitz educativa com adesivações, apresentação de experiências exitosas das escolas e demonstração dos equipamentos de trabalho dos agentes de combate às endemias, visualização da larva do mosquito através de microscópio, apresentação de paródias musicais e poesias de alunos das Escolas José do Vale e Gonzaga Mota.

Nos postos de saúde, foram oferecidas informações sobre prevenção e combate ao Aedes aegypti. No Bairro Alto da Penha, houve atividade educativa com destaque para a importância dos cuidados nas residências. “Fiz a composição dessa música para alertar os jovens sobre os cuidados que devemos ter no combate ao mosquito transmissor de doenças graves como dengue, zika e Chikungunya”, ressaltou Wedney Gomes, da escola José do Vale, que cantou um rap descrevendo várias orientações de prevenção e combate ao Aedes aegypti.

De acordo com a Coordenadora Especial de Vigilância em Saúde, Arlene Sampaio, o dia D é realizado com o objetivo de lembrar a comunidade que os cuidados precisam ser constantes para eliminar os possíveis focos. “É um trabalho de conscientização em relação a saúde de toda uma cidade, prevenção e combate é o melhor modo de nos protegermos”, destacou.

O Secretário de Saúde, André Barreto, enalteceu o trabalho dos servidores da saúde municipal e chamou a população, sublimando a importância de todos cuidarem juntos da cidade para que o mosquito não se prolifere. “A mobilização da sociedade é fundamental para vencer a luta contra o mosquito. Juntos venceremos essa batalha”, disse.

A Secretaria Municipal de Educação e o Sesc foram parceiros na ação.

O Aedes aegypti é um mosquito doméstico. Ele vive dentro de casa e perto do homem. Com hábitos diurnos, o mosquito se alimenta de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada.

Sem gastar muito tempo é possível fazer uma varredura em casa e acabar com os recipientes com água parada – ambiente propício para procriação do Aedes aegypti.

Principais orientações:

Dentro de casas e apartamentos:

Tampe os tonéis e caixas d’água;
Mantenha as calhas sempre limpas;
Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
Mantenha lixeiras bem tampadas;
Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.

Áreas externas

Cubra e realize manutenção periódica de áreas de piscinas;
Limpe ralos e canaletas externas;
Atenção com plantas que podem acumular água;
Deixe lonas usadas para cobrir objetos bem esticadas, para evitar formação de poças d’água;
Verifique instalações de salão de festas, banheiros e copa em condomínios.

Comentários de Facebook
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Junior Moral
Carregar mais em Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + 2 =

Verifique também

Frota de veículos em Juazeiro do Norte se aproxima de 120 mil; afirma Demutran

Até o último mês de outubro, o município de Juazeiro do Norte já contava com 119.042 veícu…