Início Policia CRATO-CE: Fiscalização contra ambulantes acaba em confusão com empurrões, socos e pessoas na Delegacia

CRATO-CE: Fiscalização contra ambulantes acaba em confusão com empurrões, socos e pessoas na Delegacia

4 Lido
0
6
835
https://www.facebook.com/msjoiasfolheadas/

 

Uma fiscalização de rotina da Secretaria de Meio Ambiente, na cidade de Crato, acabou em confusão com empurrões, socos e pessoas sendo ouvidas na Delegacia Civil nesta manhã de quarta-feira, 9.

Pelo menos quatro vendedores ambulantes estão sendo ouvidos na Delegacia Civil após desacatarem ordens de agentes da Guarda Municipal durante fiscalização intensiva na rua Santos Dumont, cruzamento com a rua Bárbara de Alencar. Ninguém foi preso.

A ação visava coibir ocupação irregular de espaços públicos com vendas ambulantes e camelôs.

Durante a evacuação, vendedores ambulantes e agentes da Guarda entraram em conflito, com empurrões, socos e imobilizações após fiscais da Secretaria de Meio Ambiente ordenarem a apreensão dos produtos, segundo relatou uma das pessoas envolvidas.

“HUMILHANTE”

De acordo com a vendedora Silvânia Peixoto, 35, os guardas municipais “já chegaram com agressão” e “não queriam conversa”. Relata, ainda, que guardas teriam agredido ela e seu filho de 18 anos com socos e tapas. “Nos chamaram de vagabundos, mas nos somos cidadãos tentando ganhar o pão honestamente. Isso é humilhante. Eles não podiam apreender nossos produtos, porque a gente ´tava´ vendendo eles na mão, não tinha banca”.

Uma vídeo mostra o momento da confusão, onde aparece o padrasto de Silvânia, o senhor Égidio Pajeú, 60, sendo imobilizado por um guarda municipal.

A Polícia Militar foi acionada e conseguiu acalmar os ânimos dos envolvidos.

“AÇÃO LEGAL”

Segundo o Secretário de Segurança Pública, Coronel Jarbas Freire, a ação de fiscalização “foi legal” para liberar as ruas e calçadas ocupadas de maneira irregular por vendedores ambulantes.

“Não houve truculência, mas houve desacato da ordem dos Guardas e Fiscais, então os agentes da segurança precisaram agir”, diz. Para o Coronel, a filmagem faz injustiça a ação dos guardas, pois “não mostra o diálogo e a tentativa do guarda antes”.

Desde outubro de 2018 a Secretaria de Meio Ambiente e a Guarda Municipal realizam fiscalizações intensivas notificando camelôs e vendedores em situação irregular. Vai contra a legislação cratense colocar bancas ou feiras móveis ou fixas de comida, frutas, artesanato e objetos de maneira irregular nas ruas e praças do centro da cidade impedindo ou prejudicando a mobilidade do pedestre ou automóveis.

Por Alana Soares

Veja o video

Comentários de Facebook
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Junior Moral
Carregar mais em Policia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − 6 =

Verifique também

INAUGURAÇÃO DA ARENA L&S EM ALTANEIRA-CE

Na ultima sexta-feira (22/03) e sábado (23/03), pela noite aconteceu a inauguração da “Are…