https://www.facebook.com/msjoiasfolheadas/
“João Bocão” foi morto a tiros no bairro Tiradentes, enquanto “Vitim” tombou sem vida no Pio XII e “Bianinho” no Frei Damião (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Com nove homicídios em sete diferentes bairros, Janeiro teve cinco assassinatos a mais que dezembro do ano passado representando mais que o dobro na matança em Juazeiro. Já na comparação com janeiro de 2018 foram seis homicídios a mais. Este foram nove assassinatos em janeiro.

Em janeiro, os bairros onde houve o registro de homicídios foram Pio XII e Frei Damião (2 cada) e os demais no Carité, Jardim Gonzaga, Pirajá, Pedrinhas e Tiradentes. Com isso, no acumulado do ano os bairros Frei Damião e Pio XII lideram como os mais violentos com dois homicídios cada ou, individualmente, 22% da matança em Juazeiro.

O mês de janeiro já fez o ano começar violento. Assim, em 2018, eram três homicídios contra nove este ano ou seis a mais representando um crescimento na ordem de 200% na violência. Eis a relação dos homicídios registrados no decorrer do mês passado em Juazeiro:

Dia 01 – José Casemiro Pereira, de 46 anos, o “Zezinho de Elvira” que morava na Rua Sebastião Regis (Aeroporto), morreu no HRC. Na noite de domingo (30) ele dirigia seu Ford Ecosport de cor prata pela Rua Pedro Cruz Sampaio (Bairro Carité) quando foi baleado com sua mãe Elvira Maria Pereira, de 85 anos, que morreu no dia seguinte. Ele respondia por porte de arma e uma tentativa de homicídio, em 1997, em Caririaçu.

Dia 03 – José Romildo de Souza, de 41 anos, que residia na Rua Luciano Torres de Melo (Jardim Gonzaga), foi morto a tiros em frente à sua casa por dois homens numa moto. Ele respondia procedimentos por furtos, roubos, contravenção penal, desacato, violência doméstica e contra a dignidade sexual.

Dia 05 – Francisco de Assis Gonçalves Lopes, de 39 anos, que residia na Rua Otávio Aires (Pirajá), foi morto numa briga de facas no terreno do antigo posto de Saúde Mário Malzone naquele bairro enquanto usava drogas com Alexandre José da Silva, de 25 anos, que foi preso em sua casa na Avenida Paraíba e já tinha matado a tiros, em setembro de 2012, Jhonatam Lima da Silva, de 19 anos.

Dia 10 – Francisco de Assis Ferreira dos Santos, de 19 anos, o “Torrão”, que residia na Rua Maria das Dores (Pedrinhas), foi morto a tiros dentro de sua casa. Segundo a polícia, ele respondia procedimento por posse ilegal de arma de fogo.

Dia 18 – Francisco de Assis Pinheiro da Silva, de 30 anos, o “João Bocão” que residia na Rua P8 (Triângulo), foi morto a tiros na Rua Ivani Feitosa (Tiradentes) por dois homens numa moto. Ele respondia procedimentos por crimes de arrombamento, furto, roubo, danos, receptação, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e era suspeito de envolvimento num homicídio.

Dia 19 – Victor Hugo Sousa Nascimento, de 20 anos, o “Vitim Pezão”, que era vendedor ambulante e residia na Rua Domingos Sávio (Pio XII), foi morto a tiros de pistola no cruzamento das ruas Coronel Raul e Cônego Climério naquele bairro. Ele não tinha passagens pela polícia.

Dia 19 – Fabiano Pereira de Sousa, de  22 anos, o “Bianinho”, que era gesseiro e residia na Rua Tiburtino Euclides Araruna (Frei Damião), foi morto a pauladas na Rua Francisco Domingos da Silva. Ele respondia procedimento por crime de violência doméstica.

Dia 22 – Lucas Levi Silva Marques de Souza, de 16 anos, que residia na Rua José Paracampos (Romeirão), foi morto a tiros por dois homens em um matagal na Rua Francisco Martins de Souza (Frei Damião) para onde pode ter sido atraído. Ele era usuário de drogas e respondia dois procedimentos, a partir de 2017, que tramitavam em segredo de justiça na Comarca de Juazeiro.

Dia 23 – João Paulo Gomes de Freitas, de 34 anos, que residia na Rua da Independência (Salesianos), foi morto a tiros na Avenida José Bezerra (Pio XII) por homens em dois carros supostamente após ter praticado assalto contra uma mulher. Ele era usuário de drogas e tinha várias passagens pela polícia.

Por: Demontier Tenório

Comentários de Facebook
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Junior Moral
Carregar mais em Policia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + 12 =

Verifique também

Após sofrer AVC, paciente é salva depois de ser transportada de helicóptero de Icó para Juazeiro do Norte

A rapidez no transporte da mulher foi fundamental para evitar sequelas ou mesmo a morte da…