https://www.instagram.com/msjoiasfolheada/

Equipamento pensado para incrementar o turismo religioso na cidade de Juazeiro do Norte, no Cariri cearense, o teleférico que levará os romeiros até a Colina do Horto, onde fica a estátua do Padre Cícero, terá capacidade para transportar no mínimo mil passageiros por hora. A obra, que também inclui projeto de urbanização no entorno do ponto de visitação, está orçada em R$ 77,3 milhões e será paga pelo Estado e União.

A fim de viabilizar a instalação do teleférico, o Governo do Ceará abriu licitação internacional do tipo menor preço. O vencedor da concorrência pública, da qual podem participar empresa ou consórcio, será conhecido no próximo dia 12 de fevereiro. A sessão ocorrerá a partir das 9 horas no Centro Administrativo Bárbara de Alencar, onde fica a Central de Licitações, no bairro Edson Queiroz, em Fortaleza.

De acordo com o edital lançado no dia 9 deste mês, o teleférico ligará as estações Romeiros e Horto Padre Cícero. O equipamento terá estrutura mista (metálica e concreto armado), com área total construída de 1,3 mil metros quadrados (m²) e peso de 140 toneladas.

O vencedor da licitação deverá concluir todas as obras civis e instalações no prazo de 36 meses (três anos), contados a partir do recebimento da ordem de serviço. Já o contrato entre a empresa e o Governo valerá por 48 meses (quatro anos).

O projeto do teleférico de Juazeiro do Norte começou a ser articulado em 2017, pelo prefeito da cidade, Arnon Bezerra (PTB), e pelo governador Camilo Santana (PT). Inicialmente, a obra foi estimada em R$ 45 milhões, valor 72% menor que o orçamento atual. O aumento estaria ligado a desapropriações de casas na área por onde passará o equipamento.

Para o Governo do Ceará, além de impulsionar o turismo no Cariri, o teleférico será fundamental para melhorar o acesso à Colina do Horto, trazendo mais conforto e segurança aos visitantes de Juazeiro do Norte, município que costuma receber mais de 2 milhões de turistas por ano.

Objeto de polêmica, outra obra que deverá ser inaugurada na Colina do Horto é o letreiro “hollywoodiano” com a frase “Juazeiro, capital da fé”. Orçada em R$ 1,54 milhão, a estrutura será feita com placas de aço, pela empresa Salinas Empreendimentos e Construções, que assinou contrato com o Governo em dezembro de 2017. Conforme o projeto, cada letra terá 15 metros de altura e 8 metros de largura. A expectativa era que a estrutura fosse inaugurada até outubro do ano passado.

Comentários de Facebook
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Junior Moral
Carregar mais em Cariri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 3 =

Verifique também

Menopausa precoce; Dica de saúde

A mM ou prematura é causada pelo envelhecimento dos ovários antes do tempo, ocorrendo a pe…